Engenharia elétrica

Engenharia Elétrica: capacidade técnica e raciocínio lógico

Por sua formação generalista, o engenheiro elétrico tem competência para atuar na geração, transmissão, distribuição e utilização da energia elétrica.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, em seu Plano Decenal de Expansão de Energia 2024, a estimativa de investimentos nos próximos anos em energia elétrica, petróleo, gás natural e biocombustíveis é de R$ 1,4 trilhão. Há previsão de uma ampliação de 55% na capacidade instalada de geração de energia elétrica Brasil. O alto investimento deve promover o aumento na procura por profissionais da área, como é o caso do engenheiro elétrico.

O perfil do engenheiro elétrico contempla raciocínio lógico e curiosidade, o que o torna um profissional com grande capacidade de resolução de problemas.

Ao longo do curso de engenharia elétrica, o aluno se tornará capaz de buscar a sua inserção no mercado de trabalho e de se tornar um dos protagonistas do desenvolvimento energético e econômico do país. Suas habilidades em raciocínio lógico, visão espacial, capacidade analítica e crítica, boa comunicação, liderança e colaboração também serão destaques.

Engenharia Elétrica: competências específicas geram mais oportunidades

O conhecimento técnico inerente ao engenheiro elétrico o torna peça fundamental no desenvolvimento do país, especialmente nos setores de energia, telecomunicações e tecnologia da informação (TI).

As oportunidades estão abertas em todo o território nacional. Seja nas companhias energéticas ou nas empreiteiras, os graduados são bastante requisitados. E os salários costumam ser bem atraentes!

Estudar fontes alternativas de energia, principalmente solar e eólica, é um fator que eleva a geração de oportunidades para o engenheiro elétrico. Telecomunicações e tecnologia da informação (TI) – valorizados em função da chegada da TV digital ao país e ao uso das redes elétricas para a transmissão de dados, também estão em alta.

As áreas de maior atuação do Engenheiro Elétrico no Brasil:

O engenheiro elétrico está entre as profissões mais requisitadas e valorizadas no mercado de trabalho brasileiro. Sua atuação é vista com maior frequência nas seguintes áreas: concessionárias e empresas de energia, companhias energéticas, usinas hidrelétricas e termelétricas, telecomunicações, empreiteiras e órgãos públicos.

 

Quer saber mais sobre as opções existentes para você escolher a sua carreira? Acompanhe outros conteúdos do nosso blog que vão lhe ajudar nesta decisão tão importante!